Edson de Paula

Blog

Edson de Paula

Assine nossa newsletter

Mulheres compram aquilo que querem

Mulheres compram aquilo que querem

Recentemente lancei meu novo livro “A mulher é um show!” que apresenta as principais diferenças comportamentais entre mulheres e homens, enaltecendo a força feminina em um mundo cada vez mais competitivo. Dentre as várias comparações podemos citar o hábito nas compras: mulheres compram aquilo que querem e homens compram aquilo que precisam. Quero deixar claro neste artigo que não existem verdades absolutas quando comparamos os hábitos de compras entre homens e mulheres, contudo, podemos dizer que existem certas tendências que são visíveis nas diferenças comportamentais.

Inicialmente, podemos observar que homens quando saem para comprar são, na maioria das vezes, muito práticos. Entram em uma loja, pegam uma roupa que apreciam, vestem e se o preço estiver “Ok!”, compram. Já as mulheres têm uma tendência de ficar migrando de loja em loja, provando as mais diversas roupas, mas não são diretas no ato de comprar, pois apreciam visualizar opções variadas de estilos e como estes diferentes modelos mudam o seu “look” diante de um espelho. Esse zigue-zague migrando de loja em loja, apreciando vestir diferentes modelos de roupas ou grifes, reforça que mulheres estão sempre observando novidades e possuem um impulso quase compulsivo no hábito de comprar, pois acabam, geralmente, comprando até sem precisar.

As relações de compras para os homens são mensuradas em termos de maior ou menor, mais rápido ou menos rápido, primeiro ou segundo. Já as mulheres se comparam com o que outras mulheres estão vestindo, sentindo e, principalmente, consumindo, ou seja, “Se este vestido fica bem na minha amiga, também vai cair bem em mim!”. As mulheres não compram um produto apenas por ser bom, elas querem que este produto atenda às suas necessidades, portanto, também pesquisam mais que os homens.

Mulheres gostam de ser bem atendidas e criam vínculos com marcas e lojas que possuem bom gosto e atendimento impecável, pois julgam a qualidade do relacionamento tão importante quanto a qualidade do produto. Como elas gostam de conversar e fazer várias perguntas sobre o que estão comprando, gostam de ser atendidas por quem entende daquilo que vende e é seguro e confiante na eficácia do produto. Isso mostra porque as mulheres levam mais tempo para tomar uma decisão de compra, elas precisam se sentir seguras e confiantes.

Uma pesquisa feita com 12000 mulheres em 22 países pela Boston Consulting Group dos EUA, constatou que 70% das compras diretas e 60% das compras on-line são atribuídas às mulheres e que elas gastam 8,5 anos de sua vida no ato de comprar. Elas privilegiam os valores humanos como o amor, a saúde, a honestidade e o bem-estar emocional. As mulheres querem se sentir livres para ficar satisfeitas com o que desejam ser, ter e fazer. Essas são algumas comparações comuns das principais diferenças existes no hábito de comprar entre homens e mulheres. Você já havia percebido algumas delas? Qual?

Enfim, o que seria do rosa se todos fossem azuis, não é mesmo?

Deixe seu Comentário

Fale com a gente!