Edson de Paula

Blog

Edson de Paula

Assine nossa newsletter

Mulheres vencedoras planejam mais

Mulheres vencedoras planejam mais

Quero chamar sua atenção para a leitura deste artigo.

Você que é uma mulher linda, maravilhosa e poderosa mas que, provavelmente, já fez algumas escolhas para sua vida que ainda não foram cumpridas, saiba que uma das prinpipais diferenças das mulheres vencedoras é que elas planejam mais e, por isso, conquistam seus objetivos.

Por algum motivo temos a tendência de desistir de algumas escolhas que fazemos, exatamente por não termos detalhado estas escolhas transformando-as em objetivos a serem conquistados.

E neste momento que já estamos quase na reta final deste ano eu quero te fazer uma pergunta: Você já planejou seus objetivos para o próximo ano?

Você já possui um plano de ação detalhado para seus objetivos? Seus objetivos estão escritos e bem descritos, com metas definidas, prazos e até planos de contingência caso algo dê errado? Se deu um branco total, se ficou perdida ou se, simplesmente, não conseguiu responder prontamente estas perguntas é porque talvez esteja precisando do auxílio de um coach, e é para isso que estou aqui, vou auxiliá-la a compreender alguns pontos importantes de como sonhar ainda mais alto no próximo ano e aprender como idealizar seus objetivos pessoais e profissionais.

Entenda: definir um objetivo clara e detalhadamente não é uma tarefa tão simples, pois depende de uma série de fatores como motivação, planejamento, organização e principalmente superação pessoal.

No meu livro “Torcendo por você!” eu digo que “Nada é tão distante que não possa ser conquistado” e, portanto, não ter um objetivo bem definido é ficar vagando pelo mundo sem um propósito, sem direção.

Fique atenta, pois você poderá descobrir tarde demais que o sucesso depende da sua ação, da sua atitude, muito mais que ter uma simples intenção. É importante entender que não basta apenas ter um objetivo definido, mas também ter uma visão positiva, intensa e detalhada deste objetivo. É preciso enxergar claramente todos os ganhos e perdas, pontos fortes e fracos, ameaças e oportunidades que farão parte na sua caminhada rumo ao objetivo.

A economista Sheryl Sandberg, diretora de operações do Facebook e uma das mulheres mais poderosas do mundo, defende que o feito é melhor que o perfeito e que uma boa formulação de objetivos é essencial para o sucesso de qualquer organização.

Entenda que estas mulheres vencedoras aprenderam a seguir seus objetivos na vida pelo do uso da disciplina e da força de vontade. São mulheres motivadas para o sucesso e, portanto, mulheres vencedoras planejam mais!

Uma pergunta importante a se fazer antes de definir um objetivo é “O que me motiva a fazer isso?” e, outra a ser feita após esta definição é “Quanto estou motivada para fazer isso?”.

Veja que está inserida na pergunta o conceito da “motivação” que é, sem dúvida, a verdadeira essência de um objetivo, pois motivação é um motivo para você agir. Aproveite também esta época de final de ano para fazer uma reflexão sobre tudo o que você fez ou deixou de fazer.

Será que ainda existem projetos inacabados na sua vida?

Você pode realizar tudo aquilo que planeja, desde que tenha disciplina e coragem, portanto, não fique parada, procure agir, foque nos seus objetivos.

Não espere tocar aquela musiquinha “Adeus ano velho, feliz ano novo” para começar a se sentir motivada. Pode ser que, exatamente, naquele trecho que diz “Que tudo se realize no ano que vai nascer”, você venha a sentir um vazio a ser preenchido, um sentimento de falta de propósito e de comprometimento. Ou mesmo tenha que esperar mais um ano para realizer aquilo que quer.

Sabe qual é o motivo disto? Falta um objetivo, que é um bom motivo para você agir.

E daí você poderá se lembrar deste texto que eu escrevi e, eu estarei à sua disposição, pois quando você tem uma visão positiva, intensa e detalhada do seu futuro, você obtém a motivação necessária para criar a vida que deseja!

Então, eu vou pedir para você separar um bloco de anotações e uma caneta, ou até o seu tablet se preferir, encontrar um lugar tranquilo onde possa se sentar e refletir sobre sua vida e o que quer realizar ou deseja obter no próximo ano.

Inicialmente, pense em todas as melhorias que você gostaria de fazer na sua vida em um sentido mais amplo, como por exemplo “obter mais qualidade de vida”, ou “fazer uma viagem internacional”, não precisa especificar muito, apenas deixe sua mente te levar para estados de excelência, vou pedir para que você sonhe com os olhos abertos.

Não se limite, não seja tão exigente consigo mesma, neste momento, é importante deixar seu papel de sonhadora agir ao invés da crítica.

Algumas perguntas podem auxiliar você na intenção de fazer um rascunho dos seus objetivos:

“O que eu devo fazer para melhorar ainda mais minha qualidade de vida?”

“O que eu posso fazer para ser uma mulher de sucesso?”

“Como posso ser mais feliz e me sentir realizada pessoal e profissionalmente?”

“O que eu posso fazer para aumentar meu rol de relacionamentos?”

Primeiramente, foque no “Eu”, ou seja, foque apenas em objetivos que você deseja realizar. Neste ponto é importante que você não pense em objetivos para realizar com outras pessoas ou que dependam dos outros. Isso reforça sua autoestima, pois é bom ter a consciência de que você determina suas ações, que é independente. É claro que irá trabalhar com objetivos que dependam ou incluam outras pessoas, mas neste momento foque apenas em você.

Faça isso com calma, sem pressa. Vá preenchendo sua lista de sonhos, não economize nas possibilidades, eu vou pedir para que você coloque nesta lista aproximadamente vinte ou mais objetivos, não se assuste e nem menospreze sua habilidade de sonhar com os olhos abertos, deixe sua imaginação trabalhar por você.

Feito isso, olhe para sua lista e vá ticando, marcando aqueles objetivos que considera mais importantes para você. Diferente da dica anterior que eu te pedi para ter calma, agora eu vou pedir para que você não demore muito na escolha: seja rápida!

Se você pensar muito irá aflorar o seu lado crítico com pensamentos do tipo “Isto é demais para mim” ou até o fatídico “Ah! Eu não mereço isto, está longe do meu alcance”. Deixe que seus olhos brilhem, que os objetivos saltem para fora do papel, compreende?

Escolha os objetivos que tragam um certo desafio, não se acomode nas suas escolhas e mais uma vez, confie no seu poder interior, na sua essência feminina de cuidar e proteger aquilo que deseja para sua vida.

Você tem agora uma lista com os prováveis objetivos a serem detalhados, coloque-os em ordem de prioridade. Qual será o seu primeiro objetivo a ser alcançado no ano que vem? Qual será o segundo? E assim por diante.

Escreva-os em uma nova lista e neste ponto vou pedir para você fazer uma pequena pausa e refletir:

“Quais são os pequenos hábitos negativos que possuo que possam me impedir de conquistar estes objetivos?”.

isso quebrou suas pernas? Não fique chateada comigo… “Poxa Edson! Você me pede para sonhar, me pede para escrever os meus sonhos para o ano que vem e agora me pergunta quais são os hábitos negativos que me impedem de conquistar meus objetivos?”

Sim, é isso mesmo! Eu te peço para que - do mesmo jeito que sonhou com os olhos abertos - faça uma reflexão sobre tudo que possa impedir você de conquistar seus objetivos mas, principalmente, quais são os pensamentos que dirigem estes impedimentos.

Impedimentos são pensamentos que repetidos várias vezes se transformam em hábitos negativos como por exemplo “Eu costumo não cumprir com as tarefas que proponho a mim mesma” ou “Eu quase sempre me atraso” ou “Eu acabo desanimando ou desistindo no meio do caminho”.

É importante que você descreva seus impedimentos para tomar consciência daquilo que pode afetar negativamente o alcance dos seus objetivos e, ao mesmo tempo, refletir sobre as possíveis mudanças de pensamento e hábito. O objetivo agora é transformar estes impedimentos em desafios a serem superados.

Formule algo como “Eu assumo me desafiar a cumprir com as tarefas que proponho a mim mesma” e descreva também os benefícios que este novo pensamento pode lhe oferecer, como por exemplo: “Se eu cumprir com as tarefas que proponho a mim mesma, terei o benefício de ser responsável por aquilo que escolho e isso me dá autoconfiança”.

Agora vem a parte boa desta formulação dos objetivos: da mesma maneira que você refletiu e descreveu os impedimentos eu vou solicitar para que você escreva tudo aquilo que possa auxiliar você a conquistar seus objetivos como exemplo “Eu sou organizada” ou “Eu sempre consigo convencer as pessoas a me ajudarem naquilo que preciso”. Faça uma lista de tudo aquilo que possa auxiliar você, não economize.

É importante termos esta noção de que os hábitos negativos mesmo que pequenos podem se transformar em grandes dificultadores quando não tratados.

É preciso ser realista e ir ajustando os seus objetivos com tudo aquilo que pode impedir ou auxiliar você a obtê-los, deste modo você tem um panorama geral do seu estado atual e isso a auxiliará a construir sua ponte ao futuro.

Olhe novamente para os seus principais objetivos para o próximo ano e responda “Quanto você está motivada a conquistá-los?”. Eu me recordo de uma das minhas clientes que desejava muito escrever um livro e não sabia por onde começar. Começou exatamente por este ponto, ou seja, colocando no papel seu principal objetivo. Eu a auxiliei a detalhar e se motivar a cada vez que olhava para sua intenção em escrever o livro. O resultado? Em menos de 12 meses o livro estava impresso. Eu chamo isso de comprometimento e motivação somados ao resultado.

Entenda que, se o seu comprometimento e motivação estiverem abaixo da média, é necessário rever os impedimentos procurando diminuí-los e, ao mesmo tempo, procurar aumentar a potencialidade de tudo aquilo que possa auxiliar você.

Feito isso e agora realmente comprometida, comece a dividir cada um dos seus objetivos em ações menores, é o que chamamos de metas. As metas são os pequenos passos que você dá rumo ao seu objetivo. Lembre-se de colocar uma data, um prazo para cada meta e com isso irá criar um plano de ação.

A intenção não é fazer uma pequena lista com grandes objetivos, mas sim detalhar estes objetivos com pequenas metas. Cada meta é uma ação concreta, uma tarefa que você terá que realizar.

A cada meta, uma ação, a cada ação, uma tarefa, a cada tarefa realizada, um passo mais próximo da conquista do seu objetivo.

Ao final, chame suas melhores amigas para apresentar sua lista de objetivos e peça o apoio delas para incentivá-la, pois elas irão lhe apoiar se por um acaso você der uma “escorregada” ou desanimar no meio do caminho.

Para que você se lembre dos seus objetivos, mas principalmente das metas que são tarefas, você pode também criar “pistas visuais” em sua casa ou no trabalho, enviando um e-mail para si mesma com suas tarefas semanais, ou até colocando “post-its” em locais estratégicos como no espelho ou na geladeira, você pode inclusive colocar fotos que representem os objetivos para ilustrar ainda mais a sua visão.

Para finalizar, mantenha sempre em mente tudo aquilo que visualiza obter na sua vida pessoal e profissional e, principalmente, não tenha medo de ir adicionando novas metas ou tarefas ao longo do ano.

Ah! E quando você conquistar seu objetivo, comemore, comemore muito!

Lembra-se daquela minha cliente? Aquela que escreveu um livro? Nem preciso dizer que ela fez um super lançamento, comemorou muito com seus amigos, brindando as taças de champanhe pela conquista.

Afinal, você não precisa esperar para estourar uma champanhe e brindar suas conquistas apenas no final do ano, não é mesmo?

Deixe seu Comentário

Fale com a gente!