Edson de Paula

Blog

Edson de Paula

Assine nossa newsletter

A vida não é fácil... Será?

A vida não é fácil... Será?

“A vida não é fácil”, ouvi isso inúmeras vezes em minha vida das mais diversas pessoas, desde conhecidos, desconhecidos, amigos ou familiares.

Acredite: se há uma verdade quase absoluta nesta existência é o fato de que sempre existirão pessoas dispostas a dizer para você que “a vida não é fácil”.

Antes mesmo de tentar fazer algo para contestar este discurso pessimista, alguém irá lhe convencer a desistir, pois “as coisas sempre foram deste jeito, afinal, a vida não é fácil”.

As pessoas, aliás, terão muita facilidade em defender esta causa e irão justificar todos os seus atos de comodismo e mesmice com esta frase.

Muitos irão lhe dizer que não há demérito algum em fazer as coisas pela metade ou ficar encostado esperando o tempo passar, este é o padrão do senso comum, pois, “a vida não é fácil”.

Se falhar ou errar sempre existirá alguém para dizer “Ah! Fique tranquilo! Isso já aconteceu comigo antes”.

Se perder ou desistir, basta ligar a televisão para perceber ao vivo e em cores como “a vida não é fácil” e talvez ainda possa ouvir alguém dizendo para você, enquanto te abraça e murmura no seu ouvido “Olha só: Existem muitas pessoas piores que você!”

Isso é um alívio, não é?

No casamento, talvez receba alguns “Parabéns, boa sorte na sua vida!” e no funeral “Meus sentimentos, a vida é assim mesmo!”.

Se ficar doente ou desempregado, já sabe, é só dizer a si mesmo: “A vida não é fácil”.

Passam-se os anos, pessoas vêm e vão e a vida segue o seu rumo, você pode seguir este fluxo ou decidir ser um louco que corre na contramão, enfrentando este estigma do pessimismo   coletivo.

Se persistir sonhar com os olhos abertos será pura teimosia ou burrice, ignorância e até perda de tempo, as pessoas irão continuar insistindo em convencer você de que “a vida não é fácil”.

Mas, se mesmo assim, decidir enfrentar o mundo, persistir no seu sonho e, se algum dia esta mesma vida que é tão difícil para a maioria esmagadora da população mundial, resolver sorrir para você, saiba que muitos irão dizer que talvez tenha tido uma “sorte danada”, que “nasceu com aquilo virado para a lua” e até que “passou por cima de muita gente”.

A inveja será a máxima que irá colher, alguns irão te bajular, mas pouquíssimos irão admirar o seu talento, sua persistência e sua dedicação.

Aliás, se prepare para se perseguido pelos pessimistas de plantão que irão tentar tirar algum proveito do seu talento, da sua força de vontade, das suas conquistas pessoais ou profissionais… Você perceberá, enfim, que vampiros realmente existem na vida real e que eles estão mais próximos do que possamos imaginar.

É preciso entender nesta vida que toda conquista traz em si um risco e arriscar é saber enfrentar o medo em busca de um sonho. Se você não arrisca, inevitavelmente, coloca em risco a oportunidade de obter o sucesso.

Perceba que as maiores realizações da humanidade sempre foram conquistadas em zonas de esforço e com riscos de alta complexidade, portanto, quem não arrisca, não se desilude e nem se decepciona, apenas almeja aquilo que está ao seu alcance e nada além.

Ao final de sua vida eu espero que você possa olhar para o seu passado e verificar que suas escolhas foram todas baseadas em enfrentar este estigma de que “a vida não é fácil” mas que valeu a pena acreditar quando disse a si mesmo “não é fácil, mas é possível”.

Deixe seu Comentário

Fale com a gente!